fbpx
skip to Main Content
47 9.8831-8174 contato@sidneidasilveira.com.br

A culpa não é sua, eu entendo isso e irei lhe ajudar caso você realmente queira.

O verdadeiro motivo talvez nem mesmo você saiba, e ao buscar a resposta, você tem diversos argumentos racionais, como dizer que acalma por exemplo, ou qualquer outro motivo. Mas a verdade vai muito além de sua resposta racional!

É estimado que 100 milhões de pessoas perderam a vida por causa do tabagismo no século XX segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde). É um grande paradoxo, ser o único produto legalizado causador da morte da metade dos seus consumidores regulares.

Muitas pessoas já perderam a conta de quantas vezes tentaram parar de fumar!
Inicialmente, o objetivo é obter uma vida mais saudável, bem estar etc.

E por você estar lendo esse texto agora,
presumo que você também fracassou todas as vezes que tentou parar.

Obter essa conquista parece ser difícil, não é mesmo?

No entanto, tenho uma excelente notícia para você:

É possível e simples, você apenas não sabe como.
Mas deixe eu te explicar o que você precisa saber a respeito.

Desde que nascemos, somos programados através de muitas demandas emocionais, normalmente relacionadas a cobrança e aceitação de alguém ou um grupo de pessoas.

  • Devemos ser primeiro bebê da família a falar e andar
  • Destaque na sala de aula
  • Ser o orgulho dos pais pelas atitudes corretas
  • Ser de bem com a vida
  • Ser exemplo para a sociedade “sem se perder”
  • Entrar na melhor faculdade e de preferência em 1º lugar
  • Ter um bom emprego com ótimo salário
  • Ser independente, ter uma boa casa, carro e viajar
  • No namoro, termos que escolher a pessoa certa e aprovada pela família
  • No casamento, o casal já sofre com a cobrança por filhos
  • A família cresceu, agora precisam das exemplo aos filhos
  • Somando todos os aspectos e de acordo com o comparativo que inevitavelmente
    acaba acontecendo nos dias de hoje, principalmente por causa das redes sociais, e sempre há uma emoção presente!

Somos cobrados para seguir os padrões (programações), impostos pela sociedade.

É basicamente isso que acontece com todos nós desde que nascemos.  

O que é importante para você entender agora, é que esse vício não começou com o cigarro propriamente dito, ele começou muito tempo antes, com uma necessidade emocional e consequentemente, uma programação mental a muito tempo atrás, possivelmente, quando você nem mesmo se imaginava fumando. Ficou complexo? Entendo você, e confesso que para mim no começo também foi algo muito intrigante, mas irei lhe explicar de uma forma simplificada, e para isso terei que lhe explicar também outras questões de nossa mente, para que você entenda todos os aspectos envolvido com seu vício ao tabagismo, jogo ou qualquer outro vício.

Antes de começar a lhe explicar, sei que você já sabe que o vício do tabaco é prejudicial a sua saúde e também a seu bolso, mas você alguma vez já parou para mensurar isso? Tem a noção correta do quanto esse vício lhe prejudica?
Por favor, pegue um papel e uma caneta e acompanhe com anotações que vou lhe pedindo durante o texto.

Você já fez as contas de quanto você queima de seu dinheiro todo mês com esse vício?

Quantos cigarros você fuma por dia? Anote isso.

Não sei a quantidade que você fuma por dia, então vou considerar uma matéria no site G1, que mostra a pesquisa realizada em 20 países, incluindo o Brasil, um fumante consome cerca 17 a 20 cigarros (1 maço) por dia.

E fazendo os cálculos de com base de R$ 7,00 por maço, (x 30 dias) uma pessoa irá gastar R$ 210,00 por mês ou seja, uma soma total de R$ 2.520,00 por ano. É muito dinheiro gasto com algo que está prejudicando sua saúde e até mesmo sua vida e convívio social.

No entanto, se você fumar uma quantidade maior de cigarros por dia, ou mesmo se você pagar mais caro do que R$ 7,00 por maço, você gasta muito mais por mês e consequentemente por ano com algo que prejudica sua saúde.

E a sua realidade como é? Fez os cálculos? Esse valor montante no decorrer de um ano, dariam para fazer boas coisas no final de ano não é mesmo?

Voltando a explicação sobre vicio, programação e demanda emocional, gostaria que você observasse as pessoas a sua volta, note que todas elas possuem atitudes diferentes entre elas para tudo, algumas até são parecidas, mas nunca iguais. Isso acontece, pois desde bebê ainda durante a gestão até seu último dia de vida, nós estamos o tempo todo recebendo informações que programam nossa forma de ser, agir e pensar. E esse tipo de programação, acontece principalmente em nossa infância, isso não quer dizer apenas na infância, mas uma boa parte, e claro, também ao longo de toda nossa vida.

E como cada um de nós vê o mundo de uma forma única, cada um possui sua própria interpretação sobre cada situação que vivemos, vamos recebendo essas interpretações que vão programando nossa mente e de acordo com essa programação, tomaremos decisões que iremos julgar certo ou errado de acordo com nosso interesse, ou melhor, com nossa interpretação, e isso irá gerar uma programação em nossa mente que irá nos dizer como agir, pensar, falar e ser.

Você já parou para se questionar, onde entra a demanda emocional que comentei lá no começo?

Antes, comentei que cada um de nós possui sua própria interpretação do mundo, correto?

Eu que gostaria você imaginasse as duas seguintes situações:

1º Situação:
Você teve um dia excelente e muito produtivo, aconteceram apenas coisas boas e por isso está muito feliz (emoção).
Chegando em casa, você esperava encontrar alguém que se atrasou no trabalho, e você feliz com seu dia, decide cozinhar e fazer o jantar para esperar a pessoa que se atrasou, ou mesmo decide espera-la para irem jantar fora.

2ª Situação:
Você não produziu nada em na empresa, ao final do dia-dia lhe chamaram atenção e com esses acontecimentos, você fica muito chateado (emoção) você não vê a hora de acabar o dia para voltar para casa.

Chegando em casa, você esperava encontrar alguém que se atrasou no trabalho e você chateado liga para saber o que aconteceu e o celular desligado… (continue imaginando o enredo dessa história…)

Fato ocorrido
Note que tanto na primeira quanto na segunda situação, haviam emoções envolvidas, porém, emoções opostas e consequentemente reações também diferentes.
O fato da pessoa estar atrasada no trabalho são iguais, e como suas emoções são diferentes, é natural que você tenha uma interpretação diferente para cada situação e consequentemente sentimentos, pensamentos e atitudes diferentes também, e é claro, todo esse contexto irá programar você de acordo com a sua interpretação no momento.

É por isso que cada pessoa é tão única, e jamais terão duas pessoas que pensam, agem, e façam tudo igual.

Certo, agora que você já entendeu como a emoção interfere em nossa interpretação, também ficou fácil de entender que a cada interpretação temos um tipo de programação, e considerando que de acordo com essa programação, vamos tendo nossas novas atitudes que na maioria das vezes se tornarão atitudes padrões, ou seja, que se repetem.

Você deve estar se questionando agora, mas o que isso tudo tem a ver com meu vício?

EMOÇÃO + SITUAÇÃO VIVIDA = INTERPRETAÇÃO = PROGRAMAÇÃO

Nossa mente subconsciente possui algumas funções, e uma delas é de AUTOPRESERVAÇÃO, ou seja, nossa mente fará de tudo para se sentir bem ou mesmo para não se sentir mal, e isso inclui por exemplo, sentimento de segurança, sentimento de aceitação entre outros sentimentos.

E normalmente, o que acontece na adolescência, onde a maioria das pessoas começam a fumar, elas estão em uma fase da vida onde os pais já não são mais os super-herois, e começam a buscar esse sentimento de segurança na rua, se sentir aceito por um grupo de amigos “legais”.
Agora, se sua programação acha legal um grupo de amigos que fazem esportes e alimentação saudável, o que você fará para se aproximar e se sentir aceito por esse grupo? Fará esportes e se informar sobre alimentação saudável também é claro.

E considerando que você está lendo esse texto até aqui, suponho que o grupo de amigos que você se aproximou em sua adolescência também fumavam não é mesmo? E é justamente por isso que você já tentou deixar de fumar antes e ainda não conseguiu. Para seu subconsciente, lá no início, ele se sentia seguro quando você fumava e isso lhe aproximava do grupo de amigos que você achava legal, e por isso, você se sentia aceito e seguro com eles. E toda vez que você tentou deixar de fumar e não conseguiu, seu subconsciente recebe um alerta “meu Deus, se ele parar de fumar, perderei o grupo de amigos (que hoje nem existe mais muitas vezes, mas para o subconsciente, é a emoção programada que importa) ficaremos nos sentido perdidos, sem saber o que fazer, onde ir ou com quem conversar” e para não sofrer com esse sentimento de perda, o subconsciente fará de tudo para lhe fazer voltar a fumar para se sentir seguro novamente, esse tempo pode variar de uma pessoa para outra.

E como fazer para mudar isso?
A hipnoterapia atualmente é uma ferramenta com alto índice de sucesso nesse caso, e isso acontece justamente porque através de técnicas especializadas, o hipnoterapeuta irá identificar os sentimentos envolvidos com seu vício e ressignificar para que dessa forma, seu subconsciente não tenha mais essa necessidade de fumar para se sentir aceito ou seguro, e dessa forma, você começará a ter uma nova história, sem demandas emocionais que em outras tentativas lhe faziam voltar ao vício. Esse exemplo é o mais comum que vemos em nosso consultório, no entanto, a demanda emocional que te faz continuar fumando pode ser outra emoção relacionada, você não precisa se preocupar com isso, farei uma anamnese e usarei métodos para descobrir e tratar sua demanda emocional.

Isso pode mudar, decida querer!

Suas crenças e aprendizados (programação mental) desde criança, lhe fizeram obter escolhas ao longa vida e resultados que você tem hoje.

Acredite, em todos os aspectos de sua vida, desde família, relacionamento, até profissão. Todos os resultados que você tem, seja bom ou ruim, são reflexos de sua programação desde que você nasceu.

Emoção + Evento = Programação

A falta de conhecimento gera preconceito, e as pessoas adoecem principalmente por não procurarem ajuda profissional.

Saber o início de seus problemas é a peça chave
para tratar os sentimentos necessários e abrir a por para a felicidade.

Atualmente, a melhor ferramenta com alta eficácia é a Hipnoterapia!

O que é a Hipnoterapia?

A Hipnoterapia também conhecida como Hipnose Clínica, é eficaz pois utiliza a hipnose como ferramenta terapêutica para tratar os mais diversos casos de doenças psicossomáticos, incluindo a depressão, vícios, fobias entre outras doenças ou transtornos. Por meio da hipnose, o tratamento acontece em conjunto com diversas ferramentas, e uma das principais é a Regressão a Causa (R2C), e por meio dessa maravilhosa ferramenta, o hipnoterapeuta irá acessar, trabalhar e ressignificar no subconsciente os eventos pertinentes a causa do problema em questão.

E como o hipnoterapeuta trata a causa (a raiz) para eliminar a consequência (problema). O evento mais importante é o evento causador inicial do problema (ECI), todos os diversos eventos causadores subsequentes ao longo de sua vida (ECS), incluindo a última gota dágua, o evento causador final (ECF),  serão tratados e ressignificados, para eliminar de vez o problema que lhe impede de seguir em frente e ser o protagonista de sua vida. Muitas vezes, o evento inicial acontece na infância e não nos lembramos mais.

Porém, independente de nos lembrarmos ou não de forma consciente, nosso subconsciente lembra de tudo, e é com base nessas programações, que agimos e sentimos os eventos atuais de nossa vida, e temos os resultados que temos. O trabalho do hipnoterapeuta não é apenas fazer a regressão e descobrir o que aconteceu, e como já sabemos, apenas regressão não resolve nada, e é por isso que também utilizamos outras ferramentas para ressignificar o sentimento envolvido aquele evento. Ao ressignificar a raiz do problema, o mesmo será eliminado.

Com novas programações, haverá novas interpretações para tudo oque aconteceu e está acontecendo em sua vida. Ou seja, você ressignificado e sendo protagonista com o controle e escrevendo a melhor história de sua vida, com a paz e felicidade que você sempre buscou.

Como um iceberg, a parte que vemos, é muito menor doque o que realmente somos e entendemos.

A hipnoterapia é indicada a todas as pessoas que querem obter o protagonismo e o controle de sua vida!

Dúvidas sobre hipnose?


  • Ficarei inconsciente ou dormirei durante a hipnose?
    Não, em hipnose sua mente estará de 200 a 400x mais ativo doque quando você está acordado em estado normal, inclusive, durante todo o processo da hipnoterapia, você estará consciente e conversando com o hipnoterapeuta.

 

  • Perderei o controle de minhas ações?
    Não, você é quem sempre decide o que quer ou não fazer, você estará 100% no controle de tudo.

 

  • Falarei algo que não quero ou tenho vergonha?
    Não, durante a hipnoterapia, é você quem estará 100% no comando de suas ações, você falará e fará apenas o que você quiser, nada será feito contra sua vontade. No entanto, é extremamente importante que você tenha confiança no profissional para contar o que for necessário a ele, não haverá nenhum julgamento e tudo acontece em absoluto sigilo. Lembre-se: O objetivo do tratamento é resolver seus problemas do passado, para que você tenha um presente e um futuro muito melhor. Se por vergonha de algo, ou medo de qualquer tipo de julgamento você não falar um evento importante de seu passado, irá comprometer o resultado de seu tratamento. Nesse caso, é altamente aconselhado você busque ajuda com um profissional que você se sinta bem, tenha segurança e confiança, dessa forma, você terá alto nível de eficácia em seu tratamento.

 

  • Todo mundo pode ser hipnotizado?
    Sim, desde a pessoa não tenha nenhum distúrbio psíquico ou deficiência cognitiva.

 

  • Existe pessoas não hipnotizáveis?
    Posso responde sim e não para essa pergunta.
    Considerando apenas as pessoas SEM distúrbio psíquico ou deficiência cognitiva, todas as pessoas escolhem querer ou não serem hipnotizadas, ou seja, se você não quiser, você não será! Você é quem está no controle.
    As pessoas que dizem querer ser hipnotizadas e não conseguem entrar em estado de transe, normalmente está relacionado a falta de conhecimento sobre hipnose, ou seja, ela tem medo de ser hipnotizada, e por isso ela não se sente segura e não se permite, ou mesmo falta de confiança no profissional.
    Mas caso a pessoa não tenha nenhuma dúvida, nenhum medo e também confie no profissional, se quiser, sim, será hipnotizada.
  • Posso me mexer durante a sessão de hipnoterapia?
    Sim, seu conforto é primordial, portanto, sempre que você quiser se mexer seja para se posicionar melhor encontrando conforto ou mesmo para se expressar, poderá se mexer. Você continuará em transe e o tratamento acontecerá normalmente.

 

  • E se eu ficar preso em hipnose?
    Isso não é possível, você estará sempre consciente e no controle, então quando você quiser poderá emergir.

 

  • O que significa emergir?
    Sair do transe. Em estado hipnótico ou em transe, não falamos “voltar” pois você não saiu do lugar, nem mesmo “acordar” pois você também não dormiu, utilizamos o termo emergir.

 

  • Lembro de tudo que aconteceu durante a hipnoterapia?
    Sim, pois você sempre estará consciente.

 

  • Corro o risco de perder a memória?
    Não, o tratamento consiste em ressignificar os eventos, dar aos fatos uma nova interpretação para que não interfira mais emocionalmente em seu presente e futuro. Você deixará de sofrer e carregar um fardo pesado por algo que aconteceu no passado.

 

  • Tenho que acreditar em hipnose?
    Hipnose ou transe é um estado natural de nossa mente, então, independente de você acreditar ou não, você já vive em transe sempre que faz algo sem pensar nos detalhes, quando tudo acontece de forma automática, como por exemplo: Dirigir, tomar banho, quando chora vendo um filme.
    Acreditar na hipnose é importante assim como qualquer outra ajuda que você for buscar, seja remédio, médico, psicologo, psiquiatra, terapia ou hipnoterapia. Ao buscar ajuda em qualquer problema, é inevitável que você acredite na eficácia da opção escolhida, isso vale para tudo.

 

  • O que quer dizer o termo, “Sugestão exclusivamente aceita”?
    Em hipnoterapia, tudo o que o hipnoterapeuta diz para você, é sugestão. Lembre-se, você está consciente de tudo que está acontecendo, sendo assim, o profissional não mandará fazer nada, não é um jogo onde um pode mais do que o outro, ou um manda e outro obedece, na hipnoterapia é um trabalho conjunto entre profissional e cliente, e ambos devem estar comprometido com o mesmo resultado. O sucesso do tratamento!
    Na hipenoterapia, o profissional sugere algumas ações, mas você é quem decide fazer ou não, falar ou não. Sendo assim, a hipnoterapia será realizada somente se você aceitar fazer o que o profissional sugerir, por isso o termo, sugestão exclusivamente aceita!

Para sair do lugar a vontade deve vir de dentro,
e apenas você poderá fazer isso. Dê seu primeiro passo!

Você quer mudar? Eu posso de ajudar!

Assim como você, desde que nasci também tenho minhas programações, muitas delas foram ressignificadas e com isso, hoje tenho uma nova postura ao ver meus desafios que a vida me oferece a cada dia.
Sou Sidnei da Silveira, Hipnoterapeuta avançado, Certificado pela OMNI Hypnosis Training Center, empresário e empreendedor Líder da Embaixada GV – BCSC.

Apaixonado por transformar vidas e pelos resultados que venho presenciando a cada dia.

Durante minha trajetória sempre acreditei e busquei conhecimento continuo, compartilho da filosofia EPP (Evolução Pessoal Permanente) onde buscamos sempre novos conhecimentos para nos desenvolvermos, e em decorrência dos cursos que fiz pelo Brasil de empreendedorismo, alta performance, inteligência emocional e desenvolvimento pessoal, tive a oportunidade de conhecer também a hipnoterapia, no qual foi para mim um divisor de águas, onde através das diversas técnicas e estudos realizados, posso ajudar mais pessoas de forma direta, vendo a transformação acontecer. Por isso acredito que posso lhe ajudar e sou tão apaixonado pela hipnoterapia!

Sidnei da Silveira

OMNI é uma Empresa com Certificação ISO 9001


A OMNI – HYPNOSIS TRAINING CENTER
é o primeiro centro de treinamento em hipnose do mundo com ISO 9001.

Primeiro e Único processo de Hipnoterapia certificado ISO 9001

Hipnose é driblar o fator crítico da mente consciente e inserir no subconsciente uma sugestão (sentimento ou pensamento) exclusivamente aceita. 

Modelo da Mente
Assista esse vídeo didático e linguagem simplificada para entender mais.

Fator Crítico?

Sim, ele é o responsável por guardar a integridade da mente consciente, e para fazer isso, a cada informação que recebe do mundo exterior, ele verifica se aquela informação já existe dentro do subconsciente ou não, se não estiver, a informação será descartada. E se a informação recebida for conhecida pelo subconsciente, o fator crítico irá permitir que ela entre no subconsciente, reforçando ainda mais o que já existe lá dentro. Este processo acontece em milésimo de segundo.

Exemplo: Você ouviu alguém dizer que ficar magro é bom, então decidiu fazer regime e academia pois quer emagrecer. O fator crítico busca essa informação no subconsciente, e lá tem a informação: eu sou gordinho pelo motivo X, Y, Z, e não conheço essa vida de magro, não sei se isso é seguro, destaca rápido isso!

Visto isso, o fator crítico recusa a informação de emagrecer, ela ainda continuará no consciente, onde fica a força de vontade, mas como essa sugestão de emagrecer não entrou para o subconsciente, logo a bateria da força de vontade acabará e o projeto de emagrecer irá falhar, pois o subconsciente não irá recarregar a energia da força de vontade.

Ou seja, o que realmente somos, são as programações que temos dentro de nosso subconsciente, e o fator crítico é quem define o que entra ou não, e a hipnoterapia, é a nossa porta de entrada. Por isso é uma ferramenta altamente eficaz.

Receba gratuitamente áudios de hiponse.
Cadastre-se!





Back To Top