fbpx
skip to Main Content
47 9.8831-8174 contato@sidneidasilveira.com.br

Você tem filhos? Saiba disso.

Por estar lendo esse texto agora, vou deduzir que você se preocupa com o futuro de seu filho(a) e que o melhor para ele(a).

Quero trazer a você, uma compreensão valiosa para que você cumpra seu objetivo de criar uma pessoa segura, com alto índice de ter sucesso na vida, independente do que seja sucesso para você ou para ele.

Algumas coisas poderão parecer duras, mas preciso que você se permita ler esse texto até o final, e antes de começar a explicar sobre como você poderá dar a melhor estrutura emocional e psicológica a seu filho(a). Preciso que você olhe para a sua relação, entre você e seus pais.

Padrões

É muito comum seguirmos padrões, sejam padrões de pensamentos, alimentação, hábitos, jargões, etc. Tudo o que somos, vieram de gerações e mais gerações com algumas interferências das interpretações e experiências de vida de cada geração.

Nós criamos nossos filhos, com padrões, muito semelhantes a qual fomos criados. Nossos pais, nos criaram, com padrões muito semelhantes, com os que seus avós os criados, e assim por diante.

Perceba que esses padrões sofrem alterações de acordo com a experiência de cada um, no entanto, a raiz, a base, se permanece.

Interpretação

Outro fator muito importante, também deve ser considerado, é o fato, de que a interpretação de cada indivíduo, irá interferir diretamente em seu aprendizado e em suas emoções, ou seja, não importa o que ou como as coisas acontecem, mas como elas são interpretadas.

Sendo assim, esqueça a ideia de perfeição!

Seus avós criaram seus pais, com os recursos que tinham, com tudo que acreditavam e sabiam sobre a vida, fizeram da melhor forma que eles conseguiram, e tudo o que fizeram, foi para oferecer o melhor. Quais interpretações seus pais tiveram de sua criação? O que seus pais e falam de seus avós?

Você recebeu a criação de seus pais, com os recursos que tinham, com tudo que acreditavam e sabiam sobre a vida, fizeram da melhor forma que eles conseguiram, e tudo o que fizeram, foi para oferecer o melhor. Quais interpretações você tem da criação que recebeu de seus pais? O que você fala sobre seus pais?

Você irá criar seus filhos, com os recursos que você tem, com tudo que acredita e sabe sobre a vida, e fará o seu melhor. Quais interpretações seus filhos terão de você?

É justamente nesse ponto que você fará a diferença, algo pouco difundido e explorado, a interpretação!

Amor, conversa e compreensão

Converse, dê carinho e amor a seus filhos o máximo que você puder, isso mudará o futuro de seus filhos.

Um filho que se sente amado, ao ouvir um não seco, irá interpretar esse “não”, muito diferente de um filho que não se sente amado.

O mesmo “não”, se não for dito de uma forma seca, mas se for dito, acompanhado de uma explicação do porquê desse “não”, será interpretado de uma forma muito mais saudável, tanto para o filho que se sente amado, quanto para o filho que não se sente tão amado assim.

Perceba aqui, que um filho que recebe um “não” seco, terá, de acordo com seus sentimentos e experiência de vida, uma determinada interpretação, essa por sua vez, irá gerar uma emoção, e consequentemente o fará agir de acordo com o que ele compreende desse fato.

Sendo assim, por mais que você faça seu melhor, será a interpretação da criança, que irá no final fazer a diferença.

A interpretação faz a diferença

Por isso, converse, seja próximo a seu filho. Garanta que a interpretação da criança, seja de um não, um sim, um olhar, uma conversa, ou qualquer situação, seja sempre uma interpretação que traga a criança o correto entendimento, de acordo com o que você acredita que seria melhor para o momento.

As crenças, sentimentos, visão sobre as pessoas e o mundo, sempre começa na interpretação;

Quanto mais amada e segura a criança se sentir, melhor será o reflexo para o futuro dela.

Lembre-se: A interpretação da criança, é mais importante do que o acontecimento por si só.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top